gototop

SEDEST

Quinta, 17 Abril 2014

Acolhidos encenam Via Sacra

DSC03609

Pessoas que estavam em situação de rua e hoje estão construindo novos projetos de vida, encenaram a Via Sacra na tarde desta terça-feira, na Praça do Relógio, em Taguatinga. A peça foi montada e encenada por acolhidos da Casa Santo André, instituição conveniada com a Sedest.

DSC03719

O produtor teatral da companhia de teatro Mendigos de Gravata, que também é orientador social da casa, conta como surgiu a vontade de realizar a montagem: “A ideia de trabalhar a Via Sacra foi com o intuito de dar oportunidade para que eles sintam a experiência de como é o teatro. Buscamos, através das oficinas, despertar o interesse pela cultura e, por meio da inclusão, ajudar essas pessoas. É um grande desafio que compramos, pois eles não são atores profissionais”, disse.

DSC03773

Maria Aparecida Ramos, 49 anos, passava pela praça quando se interessou em assistir a apresentação. “Achei bonita a peça, ainda mais aqui na Praça do Relógio onde tantas pessoas se encontram morando na rua. Acho que traz uma mensagem de esperança e paz para todos, principalmente para quem ficam sem família, sozinho nessa situação (de rua)”, elogiou a dona de casa.

DSC03581

Abordagem e acolhimento - A Sedest possui o Serviço de Abordagem Social - Cidade Acolhedora. Com isso, é possível garantir apoio, orientação e acompanhamento a famílias e indivíduos em situação de rua em todo o DF. A ampliação do Serviço é realizada por meio de convênio firmado com a Associação Casa Santo André e tem como objetivo a abordagem continuada e articulada de adultos, crianças e adolescentes que utilizam a rua como espaço de moradia e/ou sobrevivência, de acordo com a Política para Inclusão da População em Situação de Rua do DF. Atualmente, a Sedest conta com 695 vagas de acolhimento para indivíduos e famílias.

Segunda, 14 Abril 2014

Nota Sedest

NP

PRORROGACAO

O programa Fábrica Social prorrogou até dia 30 de maio as inscrições para o primeiro processo seletivo para cursos relacionados à construção civil. Serão oferecidas mais de 400 oportunidades.

Os interessados poderão se cadastrar pela central de telefone 156, opção 9, subitem 3 de segunda a sexta das 7h às 19h, exceto feriados.

Para participar é preciso ter inscrição atualizada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, sendo beneficiário de programas como Bolsa Família e possuir renda per capita de até R$ 140.

Além disso, são destinadas 5% das vagas para cada um dos seguintes grupos: idosos, pessoas com deficiências e adolescentes em conflito com a lei.

Os capacitandos pelo Fábrica Social aplicarão os conhecimentos obtidos nas oficinas em reformas de áreas habitacionais e vilas. Inicialmente, serão reformadas mais de 300 casas na Estrutural e aproximadamente 180 na QNR (Ceilândia).

 As aulas serão realizadas em laboratórios de capacitação inicialmente divididos nos turnos matutino e vespertino. Os cursos contemplam as seguintes áreas:

• Elétrica;

• Revestimento;

• Contrapiso;

• Concreto, reboco e alvenaria;

• Hidráulica;

• Armação e telhas;

• Esquadrias;

• Pintura.

Mais informações: http://www.fabricasocial.df.gov.br/

comunicado - touring

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (SEDEST), por meio da Subsecretaria de Assistência Social (SUBSAS), vem comunicar a mudança provisória de endereço dos equipamentos e serviços públicos de assistência social localizados no Edifício TOURING.

O Centro da Diversidade, a Unidade SUAS 24h e o Centro de Referência de Assistência Social - CRAS Brasília deixaram o local para que outro órgão utilize o espaço.

Esclarecemos que a saída dos equipamentos públicos do prédio do antigo TOURING não prejudicará a continuidade da oferta dos serviços.

As unidades de proteção social básica (CRAS) e proteção social especial (Unidade SUAS e Centro da Diversidade) são estratégicas para os cidadãos atendidos por seus serviços e benefícios e imprescindíveis para o acesso e a garantia de direitos individuais e sociais, assim como para as ações de prevenção, vigilância e enfrentamento das diversas formas de expressão das situações de vulnerabilidade social e pessoal.

Diante disso, informamos os endereços atuais e contatos das unidades das SEDEST que funcionavam no prédio do TOURING:

UNIDADE SUAS 24H – Funciona provisoriamente no SGAS 614/615, Lote 104 (L2 Sul). O número de telefone e endereço eletrônico continuam os mesmos.

Telefones: 3224 0254/ 3226 6984/ 3223 2656

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

CENTRO DA DIVERSIDADE – Funciona provisoriamente no SGAS 614/615, Lote 104 (L2 Sul). O número de telefone e endereço eletrônico continuam os mesmos.

Telefone: 3224 4898

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

CRAS BRASÍLIA – Funciona provisoriamente na SEPN 515 – Bloco A, S/N, Edifício Banco do Brasil, 2º andar.

Telefones: 3306-1411 / 3306-2907 

Agradecemos a compreensão de todos.

 SED8980

Na manhã dessa sexta - feira (4/4), a Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) recebeu um novo secretário: Osvaldo Russo de Azevedo.

 

 SED9103

 SED9100

Perfil - Osvaldo Russo, estatístico, foi diretor de Estudos e Políticas Sociais da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) e secretário da Criança, de Assistência Social e de Administração do Distrito Federal.

Foi presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), vice-presidente da Associação Brasileira de Reforma Agrária (Abra) e coordenador agrário nacional do Partido dos Trabalhadores.

Foi chefe de gabinete e secretário de Inclusão Educacional do Ministério da Educação e secretário nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

 SED8838

Na manhã desta segunda-feira (31), a Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) realizou solenidade em comemoração de 2 anos do Plano DF Sem Miséria. O evento aconteceu no Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e, como parte das comemorações, foram lançados selo e carimbo comemorativos do Plano DF Sem Miséria.

“Esse encontro é para que vocês possam conhecer os resultados e entender como conseguimos superar a pobreza pelo critério de renda no Distrito Federal. Tais esforços proporcionaram o aumento dos recursos e também do número de beneficiados, reduzindo a desigualdade social no DF. O nosso próximo desafio é garantir essa continuidade, atualizando o Cadastro Único e possibilitando o ingresso dessas famílias em outras políticas públicas", afirmou o secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda do DF, Daniel Seidel.

 SED9146

A solenidade contou com a presença de Tiago Falcão, secretário Extraordinário para Superação da Extrema Pobreza do Plano Brasil Sem Miséria, do Ministério do Desenvolvimento Social, representando a ministra Tereza Campello. “O DF correu atrás do tempo perdido e conseguiu ser referência para os outros estados no enfrentamento da extrema pobreza. O GDF foi corajoso ao ampliar a proteção do Bolsa Família, garantindo renda de R$140,00 per capita”, elogiou.

Na oportunidade, o secretário Daniel Seidel agradeceu aos subsecretários: Ana Lígia Gomes, Marlene Azevedo, Magdalena Queiroz, Patrícia De Marco, Vicente Sérgio, Jaira Puppim e Zorilda Gomes, pelo empenho e parceria no trabalho exemplarmente desempenhado e pelos resultados obtidos na Sedest.

Estiveram presentes na solenidade o secretário de Governo, Gustavo Ponce de Leon, que representou o governador em exercício Tadeu Filippelli; o diretor dos Correios, Antônio Thomaz; o diretor da Codeplan, Osvaldo Russo; a presidente do Consea – DF, Abiail Ferreira; e representantes das entidades conveniadas com a Sedest.

 SED8812

RESULTADOS – o número de famílias pobres e extremamente pobres incluídas no Cadastro Único do Distrito Federal aumentou em 28,5%, de 188.065 para 241.651, entre 2011 e 2013. O aumento foi resultado da Busca Ativa, que identificou nos 33 territórios de maior vulnerabilidade social no DF famílias que precisavam ser incluídas nos programas sociais. Em 2014, aproximadamente 64 mil famílias receberam a complementação de renda pelo Plano DF Sem Miséria.

 SED8293

 

O Conselho de Assistência Social do Distrito Federal realizou, na manhã desta quinta-feira (27/3), a primeira Reunião Descentralizada e Ampliada do CAS/DF. A realização de reuniões descentralizadas foi uma das deliberações da IX Conferência de Assistência Social no DF.

“Ao realizar esse encontro, cumprimos uma das deliberações das Conferências de Assistência Social do Distrito Federal, que indicam a descentralização das ações do CAS/DF. Com isso, fortalecemos o Controle Social do Sistema Único de Assistência Social - SUAS no DF, garantindo ainda mais a participação efetiva da Sociedade Civil nas ações do Conselho”, explicou Edijanes Araújo, presidente do Conselho e representante da sociedade civil.

 SED8344-001

A plenária contemplou as regiões administrativas de Sobradinho I e II, Fercal, Planaltina, Paranoá, Varjão, Lago Norte, Itapuã, São Sebastião, Brasília, Lago Sul, Jardim Botânico, Cruzeiro e Sudoeste.

A reunião contou com a presença de representantes de trabalhadores do SUAS; das unidades da Sedest; de usuários da Política de Assistência Social; de Entidades e Organizações inscritas no CAS/DF; dos Delegados das Conferências Regionais; do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente do Distrito Federal (CDCA/DF); do Conselho dos Direitos do Idoso do Distrito Federal (CDI/DF) e de representantes das Redes Sociais das regiões contempladas.

Em abril, o Conselho realizará mais uma reunião descentralizada e ampliada, contemplando outras regiões do Distrito Federal.

 

 SED7572

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) e a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus) realizaram, na última sexta-feira (21), a I Conferência sobre Migrações e Refúgio do Distrito Federal (COMIGRAR). A Conferência teve como objetivo reunir e aprovar as propostas apresentadas nas Conferências Regionais para subsidiar a construção do Plano e da Política Nacional sobre Migração e Refúgio, além de eleger delegados para a etapa nacional. As propostas aprovadas pelas Conferências Estaduais e do Distrito Federal serão analisadas durante a Conferência Nacional em São Paulo, que será realizada em maio deste ano.

 SED7564

O secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel, falou da importância de realizar a I Conferência. "É preciso dar início ao debate para construirmos uma política acolhedora e inclusiva para refugiados e migrantes. Enquanto representantes do Governo do Distrito Federal, nos comprometemos a levar para o governador Agnelo Queiroz, as deliberações desta Conferência, e trabalhar para que os desdobramentos necessários cheguem à Conferência Nacional", garantiu.

 SED7573

As Conferências Regionais realizadas no Gama, em Sobradinho e Samambaia reuniram migrantes, refugiados, profissionais envolvidos com as temáticas, trabalhadores, estudiosos e sociedade civil que lidam com a realidade da migração para debater as demandas e formular alternativas a partir da vivência dos diferentes atores locais.

 SED7605

Compuseram a mesa de abertura da Conferência: o Secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça, Paulo Abrão, o diretor do Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos do Ministério das Relações Exteriores, Rodrigo do Amaral Souza, o representante da Organização Internacional para as Migrações (OIM), Jorge Peraza e o Secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel.

 SED7600

Oficinas

Com o intuito de apresentar a metodologia utilizada na COMIGRAR, além de estimular os debates acerca dos temas Migração e Refúgio, foi realizada no mês de janeiro a Oficina de Mobilização da COMIGRAR no Distrito Federal. Dentre os palestrantes, o secretário Daniel Seidel realizou apresentação sobre o Contexto Migratório no DF.

A oficina contou com apresentação da metodologia, além de debates sobre logística; mobilização; gestão de informações na plataforma on line COMIGRAR; Mídia, Comunicação e Coordenação, seguidos de plenária para apresentação dos grupos e encaminhamentos.

O encontro foi organizado pelos órgãos: Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), Centro Escalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM, Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília, OAB/DF, Instituto Migrações e Direitos Humanos - IMDH, Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do Distrito Federal - SEJUS/DF e Pastoral do Migrante - PAMIG.


Refugiados e migrantes

O Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH) registrou 1.145 atendimentos de migração em 2013, 429 atendimentos em 2012, 284 em 2011 e 155, em 2010, entre pedidos de acolhimentos e defesas de casos.

De acordo, com Rosita Milesi, diretora do IMDH, “o aumento deve-se à procura dos refugiados por ajuda de órgãos competentes. Os países campeões de refugiados são Colômbia, Paquistão, Bangladesh, Uganda e Somália”.

 

 SED71392

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) realizou no domingo (16), cerimônia de formatura com entrega de certificados para 302 (trezentos e duas) pessoas que atuarão no Programa Agentes da Cidadania – Mobilização Comunitária e Organização Cidadã. A atividade foi realizada durante o GDF Junto de Você, no Riacho Fundo I.

Os Agentes da Cidadania irão atuar nos territórios de vulnerabilidade social do DF acompanhados pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de cada cidade. Os Agentes realizarão o contato direto com as famílias em situação de risco e vulnerabilidade, divulgando os programas sociais do GDF como, por exemplo, a importância de estar inscrito no Cadastro Único para ter acesso ao Programa Bolsa Família, cursos do PRONATEC, Brasil Sem Miséria, Tarifa Social de Energia, entre outros.

 SED7191

“Os Agentes são fundamentais para fazer com que a informação alcance as pessoas que mais precisam, as que estão em situação de vulnerabilidade social. Essas pessoas foram qualificadas para mobilizar e orientar as suas comunidades sobre seus direitos e realizar o encaminhamento para acesso aos serviços prestados pela Sedest no âmbito da Política Pública de Assistência Social”, reforçou Daniel Seidel, Secretário da Sedest.

O Programa Agentes da Cidadania foi instituído por meio da Lei nº 4.737, de 29 de dezembro 2011, regulamentada pelo Decreto nº 34.308, de 23 abril de 2013, e Portaria SEDEST nº 42, de 12 de agosto de 2013.

De acordo com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Assistência Social - SUAS, o Programa Agentes da Cidadania integra de forma complementar os serviços da proteção social básica, com intuito de potencializar as ações voltadas às famílias em situação de vulnerabilidade e risco social no âmbito do Plano pela Superação da Extrema Pobreza – DF Sem Miséria.

 SED7215

Os Agentes atuarão vinculados aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS): Brasília, Brazlândia, Candangolândia, Ceilândia Norte, Ceilândia P Sul, Ceilândia Sul, Estrutural, Fercal, Gama, Guará, Itapoã, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Planaltina Arapoanga, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II, Samambaia Expansão, Samambaia Sul, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho I e II, Taguatinga, Varjão.

A meta é que cada Agente acompanhe e dialogue com 100 famílias em situação de vulnerabilidade no território que estiver atuando. Os Agentes receberão bolsa de R$ 300,00 mensais durante um ano.

 SED6783

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) realizou nessa quinta-feira (13), no Auditório da Câmara Legislativa do DF, o I Encontro de Educação Alimentar e Nutricional do Distrito Federal.

 SED6700

Na ocasião, foi realizado o lançamento do Plano de Educação Alimentar e Nutricional do Distrito Federal. O secretário Daniel fez a entrega do Plano para a representante da entidade conveniada à Sedest, Casa de Ismael, Tatiane Miranda.

 SED6815

“Realizar o I Encontro de Educação Alimentar e Nutricional é dar mais passo na efetivação da Política de Segurança Alimentar e Nutricional no DF. Com ações de fortalecimento e implementação dessa política, possibilitamos educação alimentar para a população que mais precisa. O plano de EAN é um instrumento de participação social, através de iniciativas como esta, instituímos políticas inclusivas de Estado”, reforçou o Secretário da Sedest, Daniel Seidel, na mesa de abertura.

 SED6580

O encontro teve como objetivo promover a discussão sobre Educação Alimentar e Nutricional (EAN) no âmbito da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) no Distrito Federal, além de formar multiplicadores em EAN para atuar nas instituições socioassistenciais atendidas pelo PROVISAN - Programa de Provimento Alimentar Institucional.

 SED6585

Compuseram a mesa de abertura: Diretor do Centro de Excelência Contra a Fome do Programa mundial de Alimentos, Daniel Balaban; conselheira do Conselho Nacional, Vânia Lúcia Ferreira Leite; representante do CONSEA – DF, Pai Alexandre de Oxalá; representante do PNAE/Nacional, Jordana Costa; representante do Conselho Nacional de Nutrição, Maria Salete e a Coordenadora Geral de EAN da Secretaria Nacional de SAN/MDS, Janine Coutinho.

DSCF05602

 

Na tarde desta segunda-feira (10), a Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional do Distrito Federal (CAISAN/DF) realizou o I Ciclo de Oficinas Temáticas Intersetoriais da Câmara. O encontro temático teve como objetivo promover um nivelamento de informações sobre a implementação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN.

Na mesa de abertura da oficina, o secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel, falou sobre a importância de sua realização. “O GDF cumpre mais uma importante etapa no processo de fortalecimento e efetivação do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) no Distrito Federal. A CAISAN é um instrumento de luta social, e é possível sua implementação com esforço e compromisso. Para promover o desenvolvimento não podemos ter medo de enfrentar os desafios”, reforçou.

DSCF0562

A coordenadora geral da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN), Patrícia Gentil, falou sobre o processo de implantação do SISAN, que visa elaborar políticas de segurança alimentar e nutricional em todo país. "Esse é um tema prioritário. É preciso chamar os estados para aderir a esse processo, fazer planos e monitorá-los, desenvolver políticas e ações efetivas para a sua população, desde a produção até o consumo dos alimentos, nas escolas, hospitais, e restaurantes", disse.

Para o secretário de Igualdade Racial do DF, Viridiano Custódio, o GDF aderiu como meta de governo a efetivação de políticas sociais e, para isso, criou, em 2011, a Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial do DF. “Como órgão articulador, fechamos parcerias para a execução de ações, buscando fortalecer o empoderamento dos povos e comunidades tradicionais. Em 2014, a SEPIR-DF está viabilizando projetos para oferta de cestas de alimentos em parceria com a UnB e a Emater, além da implementação da Horta Sustentável com o projeto Rondom”, relatou.

 

DSCF0552

A secretária Executiva da CAISAN, Bianca Lazarini, e a subsecretária de Segurança Alimentar e Nutricional, Zorilda Araújo, também compuseram a mesa de abertura da Oficina Temática.

 SED5757

Na manhã desta sexta-feira (7), a Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), em parceria com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus), realizou, no CRAS do Gama, a última etapa regional da Conferência Nacional sobre Migrações e Refúgio (COMIGRAR) do Distrito Federal.

 SED5828

As Conferências Regionais reúnem migrantes, refugiados, profissionais envolvidos com as temáticas, trabalhadores, estudiosos e sociedade civil que lidam com a realidade da migração para debater as demandas e formular alternativas a partir da vivência dos diferentes atores locais.

 SED5838

Durante a abertura da etapa regional, o secretário da Sedest, Daniel Seidel, ressaltou que o DF precisa dar exemplo para as demais unidades da Federação, pois se trata da capital do país e, portanto, precisa ser pioneiro na formulação de políticas públicas para migrantes e refugiados. “O debate e as propostas construirão políticas pautadas pelo respeito às diferenças. Nossa missão é desenvolver uma política migratória que sirva de inspiração para os demais estados, além disso, deverá repercutir e beneficiar não só as pessoas do DF, mas também da Região Metropolitana”, disse.

 SED5818

A mesa do evento contou com a presença do secretário da Sedest, Daniel Seidel, do subsecretário de Direitos Humanos da Secretaria de Justiça do DF, Mário Gil Guimarães, da assessora jurídica da Sedest, Marili Quadros, e do professor e palestrante Roberto Marinucci.

 SED54392

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Sobradinho recebeu, nesta sexta-feira (27), mais uma etapa regional da Conferência Nacional sobre Migrações e Refúgio (COMIGRAR). A Conferência tem como objetivo formular propostas para subsidiar a construção do Plano e da Política Nacional sobre Migração e Refúgio, além de preparar para as discussões da I Conferência sobre Migração e Refúgio do Distrito Federal, que será realizada em março deste ano.

 SED56752

A etapa contou com a participação do Secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel, e reuniu cerca de 60 pessoas, que trabalharam em quatro grupos temáticos: Migração Interna; Migrantes e Refugiados; População em Situação de Rua e Tráfico de Pessoas.

 SED56802

"O Distrito Federal vem assistindo e sofrendo com muitas cenas de violência, causadas pela intolerância às diferenças. Muitos ainda são intolerantes com pessoas de outros países. O desafio colocado para os participantes dessa Conferência é contribuir para a formulação de políticas públicas concretas que auxiliem o  Estado e a Sociedade Civil a garantir a proteção social daqueles que migram. É nossa responsabilidade formular essa política para migrações fundamentada em Direitos Humanos e respeito às diferenças”,  reforçou Daniel Seidel, sobre a importância de políticas específicas que atendam migrantes.

 

 SED5400

Os educandos do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua de Taguatinga participaram de festa de carnaval na tarde desta quinta-feira (27). O evento, que teve como objetivo promover a integração entre os atendidos, contou com marchinhas tradicionais, palestras e orientações de saúde e cuidado pessoal. Os presentes ainda receberam lanches e kits para higiene bucal.

 SED5392

José Pereira, coordenador da unidade, explicou a ideia da realização da festa. "É uma parceria do Centro POP Taguatinga com o Projeto Cidade Acolhedora, o Consultório na Rua e o Programa de Redução de Danos – PRD, os dois últimos da Secretaria de Saúde. Trouxemos a Defensoria Pública para atendimento jurídico e entrega do protocolo, para retirada de outras vias do documento de identidade. A meta é atender, em média, 50 pessoas. Queremos estabelecer vínculos hoje, para que, posteriormente essas pessoas procurem a Unidade e, através disso, possamos despertar nessas pessoas o desejo de construção de novos projetos de vida."

 SED5342

Maurício Alves dos Santos, 40 anos, frequenta o Centro POP há três meses e aprovou o atendimento recebido na unidade. "Antes de conhecer o Centro POP, não contávamos com locais para fazer higiene pessoal, para alimentação, então, ele veio na hora certa. Eu gosto também das aulas que faço: oficinas de violão, de graffiti e de bonecos. A festa de carnaval está bem educativa, tirei muitas dúvidas sobre minha saúde. Tomei as vacinas e vou tirar outra identidade com a declaração da Defensoria", relatou.

 SED5349

Ao realizar a testagem de AIDS e sífilis, os participantes da atividade ainda contavam com atendimento individualizado, de um psicólogo ou assistente social, independente do resultado, para que recebessem informações e dicas para prevenir e combater as DST's. Vacinas de tétano, hepatites B e C também foram disponibilizadas.

Nova lista ACM

PROGRAMA AGENTES DA CIDADANIA – MOBILIZAÇÃO SOCIAL

 

PLANALTINA

1

Adnoan Carneiro de Souza

2

Altair Gonçalves dos Santos Sant'Anna

3

Dacira da Silva França

4

Gilvanete Silva dos Santos

5

Iara Adriana Favorito Radel

6

Jussara Ferreira da Silva

7

Katiane Pereira dos Santos

8

Leila Leite Rodrigues

9

Leoci Maria Sento Sé do Nascimento

10

Lindalva Nunes da Silva

11

Maria Ionil Barros Batista

12

Maria Terezinha Gomes da Silva Camargo

13

Weberth Firmino dos Santos Araújo

 

PLANALTINA ARAPOANGA

1

Adineide de Souza Martins Silva

2

Ana Maria Pereira de Jesus

3

Cláudia Borges Pereira

4

Erika Maria de Melo Araújo Rodrigues

5

Francinete Pacheco

6

Iracy Pereira de Sousa

7

Joselita Rosa da Cruz

8

Maria dos Reis

9

Maria Sebastiana Ramos

10

Mary Aparecida Guedes de Morais

11

Raquel Suzana Kanheski Suman

12

Rita de Katia de Jesus Corrêa

13

Sheyla Soares Rocha

 

RIACHO FUNDO I

1

Danúbia do Espírito Santo Falcão

2

Maria Jovelina Costa de Sousa

3

Maria Rejane Fagundes Cunha

4

Simone Alves Costa

 

NÚCLEO BANDEIRANTE

1

Maria Elizabete Soares de Anchieta

2

Valdênia Costa Guimarães

 

TAGUATINGA

1

Debora Marina de Andrade Marques

2

Dejanira Conceição da Cruz

3

Efigênia Rocha Meiras da Silva

4

Elzi Magalhães de Sena

5

Gildetina Maria de Oliveira

6

Gislene Pereira da Silva Pires

7

Jairan Aires Cirqueira Santos

8

Josimari Putumuju Santos

9

Marcia Fernandes dos santos Alves

10

Maria Aparecida Ferreira da Rocha

11

Maria Raimunda Rodrigues dos Santos

12

Maurivania Martins Nepomuceno

13

Neide de Fátima Alves

14

Sandra Lopes Pereira

15

Vanderly José dos Santos

16

Vanusa Duarte Silva

 

CANDANGOLANDIA

 

 

1

Doralice da Conceição Silva Pereira

2

Maria das Graças Chagas

3

Maria de Fátima Oliveira

4

Maria Isabel Alves Joviniano

5

Rosa Cirqueira Botelho

 

BRASÍLIA

1

Dinamara do Nascimento Ribeiro

 

FERCAL

 

 

1

Antonia Ranilda   Alves

2

Edna Maria Felipe

3

Esmeralda Gomes de Freitas

4

Evangelina de Sousa Silva

5

Juliete Nunes de Souza

6

Sinhorinha Cândida Aragão

   

GAMA

 

 

1

Carliene Sena da Cunha

2

Célia Aparecida Silva Pontes

3

Celma dos Santos Silva

4

Claudete Conceição dos Santos de Sousa

5

Claudia Dias de Melo

6

Elmita da Rocha Mendes

7

Jane Pires Gonçalves

8

José de Jesus Ferreira

9

Josefa Laurentino da Conceição

10

Lionezia Gonçalves dos Reis

11

Luciana Correia da Silva

12

Marilene de Brito Cordeiro

13

Nilce Terezinha Bento Aragão

14

Odeilza dos Santos

15

Sandra de Jesus Silva Carvalho

16

Sara Kelly Leite de Albuquerque

 

PARANOÁ

 

 

1

Ildene Ferreira da Hora

2

Jovânia Felipe da Silva

3

Juliana Madeira de Sousa

4

Maria do Socorro Macedo

5

Maria Luiza Neres Martins

6

Zilda Maria da Silva

 

BRAZLÂNDIA

 

 

1

Adriana Figueiredo Rocha

2

Elias da Silva Barbosa

3

Elisângela Caitano de Souza

4

Elisangela Ferreira da Silva

5

Euclides Mendes de Santana

6

Ivani Rosa Pereira

7

João Soares Arruda

8

Leni Gomes Beserra

9

Maria Gonçalves de Paula

10

Telma Maria Lopes Cristovão

11

Vilma Fernandes da Costa

 

ITAPOÃ

 

 

1

Alessandra Teixeira de Souza

2

Ana Claudia de Azevedo Soares dos Santos

3

Charles de Jesus

4

Flávio Moura da Silva

5

Francineide Monteiro da Silva

6

Francisca de Oliveira Campos

7

Girlene Braga Seabra

8

Izanilde Sousa da Costa

9

Juliana Pereira de Araújo

10

Maria das Graças Custódio de Sousa

11

Maria Florencia Miranda dos Santos

12

Maria Zélia Santana Angola

13

Rosa Maria Vasconcelos

14

Rosângela Rodrigues da Silva

15

Simone dos Reis Sousa

 

RECANTO DAS EMAS

 

 

1

Abraão Pereira de Souza

2

Ana Rosa de Carvalho Borges

3

Ana Santana da Silva

4

Antônia Lina da Silva

5

Elza Quaresma Barros

6

Evandy Francisco de Araújo

7

Gislene Santos de Oliveira

8

Hildenete Borges da Silva

9

Ivan Carlos da Silva

10

Jussara da Cruz Soares

11

Maria de Jesus Lima da Silva

12

Mariane Bueno Ferreira

13

Neurita dos Santos Soares

 

SOBRADINHO II

 

 

1

Carlos José Silva Souza

2

Débora de Carvalho Souza

3

Deriana do Nascimento Pinto

4

Fátima Maria de Souza Squarcio

5

Isabel Claré de Souza

6

Maria Aucileide Evangelista de Araújo

7

Nathalia Andrade Struck

8

Vanderlaine Pereira de Lima

9

Ventura Pinto Ribeiro Beirão

 

 

SOBRADINHO

 

 

1

Alderiza Teles

2

Hildete Palmeira Cruz

3

Liliane Gomes da Silva

4

Maria Berly Vieira dos Santos

5

Maria do Socorro dos Anjos

6

Maria José de Carvalho

7

Marisa Angélica de Saboia

8

Marli Silva Severino

9

Miramar da Silveira rocha

 

 

VARJÃO

 

 

1

Cirleide Souza de Lima

2

Eronice Ferreira da Silva

3

Luana Borba dos Santos

4

Maria da Conceição Lira de Castro

5

Maria dos Reis Moreira de Jesus

 

AREAL

 

 

1

Claudirene Santana Almeida

2

Elci Rodrigues da Silva

3

Iolanda Mendes Pereira

 

RIACHO FUNDO II

 

 

1

Antônia Ivany Alves Cruz

2

Elita Gonçalves Cardoso

3

Herminia Pereira da Rocha

4

Luzinelma Gomes dos Santos

5

Maria de Lourdes Sobreira Gonçalves

6

Maria Francisca da Silva de Oliveira

7

Maria Madalena Ferreira dos Santos

8

Maria Valdecy da Silva

9

Rosangela C. S. Rodrigues

10

Wilma Ramos de   Macedo

 

GUARÁ

 

 

1

Delma Maria Farias Virgolino

2

Elenilde Trindade Nogueira

3

Marlene Veríssimo Azeredo

4

Mônica Antonia dos Santos

5

Vania Maria Brito

 

SÃO SEBASTIAO

 

 

1

Ana Lúcia Alves de Barros

2

Cícera Maria da Silva

3

Diva Maria de Castro

4

Doralice Carvalho dos Santos

5

Eliana Maria Fontenele dos Santos

6

Elisa Rodrigues Ferreira

7

Esmeralda Rodrigues Ferreira

8

Jailda Andrade de Oliveira

9

Leidiane de Fátima Bispo

10

Maria da Graças Morais da Nobrega

11

Maria de Fátima Bispo

12

Maria do Socorro Gonçalves Macedo

13

Maria Inácia Nazarete dos Santos Costa

14

Marquisa Alves Abadia

15

Niely Cristiny de Souza e Silva

16

Rejane Barbosa Santos

17

Rosileide Zenilda da Silva de Veros

18

Silvanete Maria de Souza Mata

 

SANTA MARIA

 

 

 

 

1

Ana Augusta Sousa dos Passos

2

Ana Genoveva Alves Santiago

3

Débora Valéria de Almeida Rodrigues

4

Elma Almeida Moreira

5

Francisca Alves Almeida

6

Maria   Dalvanir Ribeiro Silva

7

Maria Neuza dos Anjos Albernaz

8

Maria Raimunda dos Santos Silva

9

Marluce Barboza de Souza

10

Raimunda Ferreira Coelho

11

Terezinha da Silva Rocha

12

Yolanda da Silva Marques

 

Página 1 de 27

banner cidade acolhedora

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início SEDEST