Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/06/18 às 20h56 - Atualizado em 7/06/18 às 14h10

Meninos da Estrutural concluem oficina de cinema e estream filme

COMPARTILHAR

 

A Sétima Arte usada em sua mais bela forma na reinserção social de jovens e adolescentes. Os atores: meninos e meninas da Vila Estrutural. A produção: uma parceria da Sedestmidh com a Secretaria de Segurança Pública e Paz Social, que proporcionou a eles aprender sobre cinema por meio de uma oficina ministrada por gente que entende.

 

O resultado final saiu nessa quarta-feira (6) com a entrega de certificados a 22 alunos que concluíram o curso. Os jovens são socioeducandos do Centro de Convivência (CECON) da Estrutural, região com grandes índices de vulnerabilidade no DF.

 

E nessa “formatura” nada melhor que apresentar ao público presente o mais novo filme – o curta metragem “Luzia”, a história de uma moça bela, cheia de sonhos, mas que vive o drama de ter de ajudar a mãe no extinto “Lixão da Estrutural”, fechado pelo Governo do DF. A película será inscrita no 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em setembro.

 

A protagonista Luzia é interpretada por Jane Kelly, 17 anos, que teve um pouco de sua história contada na tela. Tímida, ela conta que nunca foi muito fã de cinema, mas se encantou. “Foi tudo muito legal. Aprender uma arte tão bacana como essa nos afasta do mau caminho. Já vi muitos amigos que se envolveram com o crime”, revela Jane.

 

A oficina foi criada e é conduzida pelo professor Fauston da Silva, da Secretaria de Segurança. Policial e cineasta formado pela UnB, é ele quem busca novos talentos nas comunidades. “Esse é o público mais urgente para o Estado atender, os jovens em situação de vulnerabilidade. E usando o viés da arte é melhor ainda”, explica Fauston.

 

Aulas de fotografia para cinema, captação de áudio, direção de arte, roteiro e produção fizeram parte do curso. Os socioeducandos são atendidos pelo programa “Caminhos da Cidadania” da Sedestmidh e buscam alternativas para um futuro melhor.

“Com esse trabalho, se busca uma perspectiva para jovens em território marginalizado. Para que aprendam, mesmo com todas as dificuldades, que possuem capacidade e talento para crescerem na vida”, afirma Regina Nascimento, Chefe do CECON Estrutural.

 

O Secretário Adjunto de Desenvolvimento Social, Thales Ferreira, e a Subsecretária de Assistência Social, Marta Sales, prestigiaram a formatura e ajudaram a entregar aos aprendizes de cinema os certificados.

 

Por: Rafael Secunho