Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/04/18 às 14h11 - Atualizado em 12/04/18 às 14h32

UNAI oferece curso de pintura para idosos

COMPARTILHAR

Os 16 idosos da Unidade de Acolhimento dos Idosos (UNAI) receberão nessa sexta-feira (13), a primeira aula do Ateliê de Pintura. A oficina com duração de 12 sextas-feiras, com duas horas por dia, surgiu da ideia da aluna de Artes Visuais da Universidade de Brasília (UnB) Camilla Dantas. Ela ministrará o projeto voluntariamente com a professora Tatiana Yokoy e com os profissionais da equipe psicossocial da UNAI.

 

Os conteúdos que serão abordados durante as 24 horas/aulas são os seguintes: identidade, competências socioemocionais, infância, famílias de origem e família atual, oficina de pintura, momentos marcantes da biografia, direitos dos idosos e envelhecimento bem-sucedido, autonomia e projetos de futuro, oficina de pintura, autoavaliação e avaliação do minicurso, atividade de encerramento e planejamento coletivo de exposição.

 

O ateliê oferece um ciclo de oficinas semanais mediadas por recursos de pintura e produção de narrativas autobiográficas. A proposta básica é promover processos de desenvolvimento dos idosos, enfatizar processos de socialização, de subjetivação e a convivência social e comunitária.

 

Das 12 aulas, a primeira ocorreu na última sexta-feira, no dia 7, sendo uma introdução do curso e apresentação dos idosos e das professoras. Na ocasião, a secretária do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh), Ilda Peliz, parabenizou a ação e disse que a grande vantagem da oficina será a troca de experiência entre os acolhidos.

 

José Ferreira tem 63 anos e reside na casa desde dezembro. Ele afirmou ser apaixonado por artes plásticas. “Era tudo que eu esperava. Amo ver obras de artes e agora vou aprender mais”, completou. Valdecir da Cruz, 63 anos, garantiu que está achando o projeto muito bom, mais uma atividade para o acolhido não ficar com a cabeça obsoleta.

 

Camilla diz que o projeto torna a arte acessível a todos, deixa de ser estudada apenas nas salas de aula e torna-se uma matéria nuclear. O Ateliê de Pintura foi estudado durante dois anos e apresentado na última Semana Universitária da UnB em 2017 para que fosse avaliado pelo público e posteriormente aperfeiçoado.

 

Esta atividade integrou um painel dentro do minicurso ofertado pelo Laboratório de Práticas Dialógicas em Educação, ocorrido durante os dias 24 e 25 de outubro de 2017. Todos os materiais que serão utilizados no projeto foram doados por alunos e simpatizantes do Ateliê.

 

Por Camila Piacesi

UNAI oferece curso de pintura para idosos